Quarta-feira, 7 de Fevereiro de 2007

Sim, obviamente

"Estou sem paciência. Peço desculpa, mas não aguento mais um minuto de discussão sobre o referendo. O que não significa que esteja indiferente à questão. Muito pelo contrário. Domingo lá estarei para votar sim. Naturalmente , sim. Com a tranquilidade de espírito de uma questão intimamente resolvida há muito tempo. Há oito anos, a questão devia ter sido resolvida no Parlamento. Não ficou porque um primeiro – ministro beato resolveu referendar a questão. Chamava-se António Guterres e o curso da história veio provar que o homem não era apenas um frouxo, era um cobarde natural. Em 2007, outro primeiro – ministro socialista resolve fazer a mesma coisa. Para disfarçar a sua falta de fibra, assume que o partido está inequivocamente do lado do sim, participa na campanha, mas não disfarça o óbvio. Não foi suficientemente determinado para fazer passar uma lei que é fundamental para a dignidade dos cidadãos. E isso tem de ficar escrito. Agora a verdade que falta.

O combate entre o “sim” e o “não” não é uma questão filosófica ou ética. Para mim é uma questão de classe. Para aqueles que se socorrem da sua filiação católica para pertencer a um determinado estrato social, as criaturas imbuídas de um espírito salvador, daqueles que argumentam com a sobranceira moral dos iluminados, esses naturalmente votam não. Tratam-se por você, distribuem apenas um beijo e são muito activos nas mil acções solidárias para com os desfavorecidos.

Cada acto de solidariedade é uma redenção para o seu próprio egoísmo. Por isso, o mundo pode ficar cheio de crianças que ninguém quer. Eu voto sim por amor. Acredito que cada mãe que não prossegue uma gravidez o faz porque não tem alternativa. Ninguém deve ter um filho que não pode ser amado, educado e alimentado. E quem sou eu para impedir a escolha de alguém? Nem eu, nem o Estado. Sim, obviamente." Júlia Pinheiro in "24 horas" em 7 de Fevereiro de 2007

publicado por etoulixada às 08:36
link do post | comentar | favorito
|

.Um blog só para mim, para quando me sentir em baixo, vir aqui "beber" algo que me alimente a alma, momentos retirados do "meu" baú das recordações...

.pesquisar

 

.Julho 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
26
27
28
29
30
31

.escrevi há pouco

. Foi tudo uma MENTIRA pega...

. Amor é...

. Parabens!!!!

. PEIXINHA

. para ti.....com carinho.....

. Onze minutos

. Pensamento do dia

. Hoje

. A morte e a confissão

. Meu coração parou

.O que escrevi antes

. Julho 2008

. Junho 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Setembro 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006